25/03/2020

Decreto de quarentena fecha parte do comércio em Jaguariúna

Ruas do centro da cidade estão vazias

Wagner Luan

O decreto de quarentena assinado pelo prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB), seguindo uma lei semelhante ao decreto do governador de São Paulo João Dória (PSDB), fechou parte do comércio da cidade. Apenas os serviços considerados essenciais estão funcionando e com várias restrições.

Nesta terça-feira (24), a equipe do Portal Jaguariunense esteve andando pelo centro da cidade e percebeu o quanto caiu o movimento nas ruas do entorno da Praça Umbelina Bueno. Não se via quase pessoas andando pelas ruas e a maioria das lojas estavam fechadas com avisos na porta, explicando que o fechamento era em decorrência ao decreto de quarentena.

Algumas lojas estavam abertas, mas com várias recomendações, como limitação de pessoas no interior e telefones para serviços de entregas.

Açougues, mercados e farmácias também estavam abertos, mas como muitas restrições aos clientes.

Um comerciante que não quis se identificar resumiu o sentimento. “ Triste ver tudo isso né. Tudo parado, não tem ninguém e não tem pra quem vender”, disse ele.

Nos pontos de ônibus, apenas alguns passageiros ainda aguardavam sua condução. Alguns usando máscaras.

O decreto de quarentena determinou o fechamento de vários comércios com serviços não essenciais. A medida vale até o dia 7 de abril.

O objetivo é evitar a disseminação do coronavírus.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Jaguariunense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.