08/09/2019

Tarifa do transporte público de Jaguariúna sobe para R$ 4,95

A Prefeitura informou que o valor pago pelos usuários continua o mesmo, R$ 2,50 e o que aumentou foi o subsídio repassado a empresa Metrópolis, que aumentou de R$ 2,10, para R$ 2,45

Wagner Luan

O valor da tarifa do transporte coletivo municipal de Jaguariúna subiu de R$ 4,60 para R$ 4,95. O aumento foi autorizado pelo prefeito Gustavo Reis (PMDB), por meio de um decreto publicado no Diário Oficial do Município, no dia 30 de agosto.

De acordo com o decreto, o reajuste no transporte coletivo foi no subsídio que a Prefeitura paga a empresa Metropólis, responsável pelo transporte público coletivo na cidade. Esse subsídio passou de R$ 2,10, para R$ 2,45, um aumento de quase 17%. O  valor pago por usuário, na catraca do ônibus (chamado de tarifa social), continua sendo R$ 2,50.

Segundo o secretário de municipal de Mobilidade Urbana, Josino José da Silva, “ Os usuários do transporte público em Jaguariúna continuarão a pagar uma das tarifas mais baixas entre os municípios que formam a RMC (Região Metropolitana de Campinas): R$ 2,50 pela tarifa social, que vigora desde 2017, quando a atual administração assumiu”, disse o secretário. “Para que o valor na catraca não pese no bolso dos moradores, a Prefeitura paga agora um subsídio maior à empresa Metrópolis, que opera as linhas urbanas na cidade: era R$ 2,10 e aumentou para R$ 2,45”, completou Silva.

O valor cheio da passagem nos ônibus urbanos, que antes era R$ 4,60, agora é de R$ 4,95 – resultado da soma entre o subsídio pago pela Prefeitura (R$ 2,45) e os R$ 2,50 pagos pelo usuário.

Conforme o secretário, “na justificativa para reajustar a passagem de ônibus a Metrópolis alega que o reajuste anual levou em conta os custos operacionais para manutenção do serviço, dentre eles a manutenção dos veículos e o pagamento dos funcionários, em meio a outros itens. Tudo isso, conforme a empresa, está relacionado em relatórios de despesas apresentados à administração”, frisou.

Josino falou ainda sobre possíveis melhoras que possam vir a ocorrer no transporte público de Jaguariúna. “A Secretaria de Mobilidade Urbana e a empresa permissionária do serviço estão realizando estudos para que os bairros distantes do centro, com demandas menores de passageiros, passem a utilizar micro-ônibus no transporte de passageiros, o que ajudará a diminuir os custos operacionais, podendo assim aumentar os horários de circulação das linhas”.

A Prefeitura, por meio da Assessoria de Imprensa informou que há diferença no preço para idosos.  “Para quem tem idade entre 60 a 65 anos incompletos, por meio de lei municipal, a tarifa é paga integralmente pelo município. Após os 65 anos a gratuidade é obrigatória por Lei Federal”.

O último reajuste ocorreu em março de 2018, depois de dois anos estagnado. Na ocasião, o valor da tarifa básica passou de R$ 3,80 para R$ 4,60. O subsídio pago à Metrópolis saltou de R$ 1,30 para R$ 2,10.

A partir de agora, segundo o decreto, os reajustes da tarifa de remuneração da prestação do serviço de transporte público serão realizados no mês de março de cada ano, com base na variação do nível de preços aferida pelo IGP-DI.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Jaguariunense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.